Nu Artístico Presidente Prudente

Espírito na Pele

Muitos anos atrás, em uma galáxia muito distante, existia um fotógrafo que entrou em mais uma de suas crises criativas. O fotógrafo, no caso, era eu mesmo. Na última década entrei em alguns períodos de crise criativa, onde não queria nem saber de fotografia. A minha principal neura para com meu trabalho autoral era, quando eu morrer, e as pessoas olharem para minha produção fotográfica, o que elas diriam de mim? Será que terei deixado um trabalho que consegue conversar com as pessoas? Será que serei relevante? Talvez sim, talvez não.


Mas, são nesses períodos de crise que acabam aparecendo uns projetos até bacanas. Esse projeto que mostro aqui para vocês, eu batizei simplesmente de Espírito na Pele. Tentei outros nomes, mas nada me agradou. Então ficou esse mesmo. A ideia principal foi desenvolver uma unidade formal onde eu pudesse postar os trabalhos de nu artístico sem ter problema com a identificação da modelo (no interior isso é complicado). Junto a isso, queria usar fotos projetadas sobre o corpo da modelo, uma coisa que não é nova, mas que eu achava muito bacana. Muitos fotógrafos projetam as texturas e outras imagens aleatoriamente, mas eu queria algo diferente. Decidi que as imagens teriam que dizer alguma coisa. Então, a saída que encontrei foi que as imagens projetadas deveriam ser a minha interpretação da personalidade da modelo. Isso mesmo, aqui eu conhecia a modelo antes, fazia uma avaliação de sua personalidade e saia procurando situações e texturas para fotografar. Então, eram dois trabalhos de produção fotográfica. Uma para as projeções e outro com a modelo. 


Demorei muito para achar a fórmula certa para os ensaios, questão de configuração da câmera e potência do projetor, mas no final cheguei a um resultado que gostei muito. No total o projeto rendeu 14 imagens finalizadas, que mostro aqui hoje para vocês. Nenhuma modelo mostra o rosto nas fotos. Algumas imagens ficaram bem abstratas, outras mais explicitas. Esse projeto foi realizado durante o ano de 2012. Em 2013 apresentei ele ao Mapa Cultural Paulista (um concurso para diversas áreas da produção artística que era patrocinado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo). O projeto chegou até a final, sendo um dos que ficaram expostos na capital paulista. Muito orgulho disso. Outro ponto legal é que ele foi exposto em uma exposição no Museu da cidade e também na sede da Oficina Cultural. 


Para quem não sabe, eu sou Gilson Lorenti, sou Fotógrafo em Presidente Prudente e especializado em retratos femininos, ensaios fotográficos temáticos e trabalho com fotografia sensual e nu artístico há mais de 15 anos. Também ministro cursos de fotografia nos últimos 12 anos aqui na cidade e região. Para orçamentos de ensaios ou cursos particulares de fotografia em Presidente Prudente e região é só clicar aqui e entrar em contato.  


Tags

nu artístico ensaio fotográfico presidente prudente fotografia autoral