Imagem capa - Nikon F6 é descontinuada pela empresa - finalmente por gilson lorenti
Fotografia

Nikon F6 é descontinuada pela empresa - finalmente

Você pagaria US$ 2.600,00 em uma câmera SLR de filme? Alguns diriam não, outros que dependeria do equipamento. Mas, o que acontece é que até agora a Nikon ainda mantinha a produção da D6, a última câmera top de linha da época do filme fotográfico que a empresa lançou. Ela continuava em produção até agora, quando a Nikon decidiu que já era hora de dar um descanso para o equipamento. Quando fotografávamos com filme, a câmera era um detalhe um pouco menor. Nos preocupávamos com o filme que estávamos comprando, com o local que ele iria ser revelado e também com a lente que seria utilizada. As câmeras faziam o mesmo trabalho em todas as categorias. 


Claro que a D6 é um tanque de guerra. Toda construída em metal, o equipamento era rápido (3 fotos por segundo), possuía um incrível sistema de foco automático e podia trabalhar com todas as lentes da Nikon lançadas até o momento. Era um equipamento com grande durabilidade e confiabilidade. Indicada para os profissionais que precisam de uma câmera que continue funcionando mesmo em condições adversas, como no fotojornalismo e fotografia de esporte. Algumas pessoas dizem que os equipamentos fotográficos hoje são mais caros, mas na época do filme a gente passava pela mesma percepção. Eu nunca vi alguém em meu convívio ter uma top de linha, seja Canon ou Nikon. Mas, hoje, já tenho colegas que possuem câmeras digitais top de linha como a D6 da Nikon.


Junto com a F6, outros equipamentos serão descontinuados na fábrica da Nikon. A digital D5 não será mais produzida, assim como o flash SB 300. Junto com as duas câmeras, também as lentes Nikkor AI-S 50mm f/1,2 e Nikkor 24mm f/2,8 também possuem sua passagem garantida para o limbo.


Equipamentos descontinuados são uma normalidade em grandes empresas. Ainda mais no digital onde o marketing nos inspira a trocar de equipamento constantemente e nos fazer acreditar que sua durabilidade é pequena. Mas, com o fim da F6 uma fase da fotografia finalmente acabou. Uma fase histórica que, mesmo importante, não deve deixar saudades. Pois, o que importa é a imagem e não a maneira como a fazemos.